Publicado em Diversos

[Resenha #12mesesdepoe] • Agosto: O Coração Denunciador | De Olho Na Estante

Não era o velho que me perturbava, mas seu Mau-Olhado…

E aí pessoal! Hoje iremos falar sobre mais um conto do desafio #12mesesdepoe, O Coração Denunciador. Mergulhando nas entranhas da loucura humana, Poe nos assombra com mais uma de suas incríveis histórias, nos trazendo temáticas como a insanidade, a culpa, assassinatos e o horror.


Em uma atmosfera mais obscura, trabalhada em questões envolvendo a complexidade e o funcionamento da mente humana, Poe nos apresenta um narrador desconhecido, que sofre constantemente com os efeitos da ansiedade e do nervosismo. Muitos acreditam que ele seja louco, porém o que não sabem, é que sua “doença” só o torna mais capaz de um entendimento pleno do universo que o cerca.

Este misterioso narrador começa, apesar da descrença de muitos em relação à sua sanidade, à nos contar uma história, sua história: relatando uma série de intrigantes acontecimentos, que marcaram para sempre sua humilde vida.

Adentrando na estória, percebemos que o narrador possuía uma estranha fixação, melhor dizendo uma doentia paranoia com um velho. Este idoso, nada teria de diferente de qualquer outra pessoa, se não fosse por seus olhos. Olhos enevoados, esbranquiçados pela catarata, e devido à esse maldito olho, resolvera dar um fim na vida do velho, a fim de nunca mais ser espiado por monstruosa estrutura.

Um de seus olhos parecia o de um abutre — um olho azul-claro, velado pela catarata. Sempre que pousava sobre mim, meu sangue gelava; e assim, pouco a pouco — muito gradualmente —, tomei a decisão de tirar a vida do velho, e desse modo me livrar daquele olhar para sempre.

A fim de concretizar sua hedionda tarefa o narrador se aproxima do velho e como que em uma fixação, observa durante dias o sono do velho, sempre à meia-noite girando o trinco da porta lentamente, espreitando cada movimento que a homem realizava durante a noite, até que o grande dia finalmente chegou…

1e3d9db7c58620cb885e360d8626fede

Os acontecimentos posteriores do conto são muito inesperados, e só no final você entende realmente o que quer dizer o nome da história. O tempo inteiro Poe cria aquela atmosfera de apreensão em que o leitor fica vidrado para saber o que acontecerá no decorrer das páginas. Um dos melhores contos de todo o desafio e um dos meus preferidos do autor, O Coração Denunciador realmente supera as expectativas e te marca com a simplicidade do horror que acreditamos estar tão longe de nossa realidade.

Se quiser acessar o conto na íntegra basta clicar aqui: O Coração Denunciador, de Edgar Allan Poe

Nota: ★★★★★★★★★★ (10/10 estrelas)

Anúncios

Autor:

Apaixonado por livros de Terror, Ficção e Fantasia, e muito fã de Game of Thrones #DominGOT! Esse blog surgiu de um desejo antigo de compartilhar sempre que possível, um pedacinho desse incrível universo literário que nos cerca, então... seja bem-vindo!! 📖📚

2 comentários em “[Resenha #12mesesdepoe] • Agosto: O Coração Denunciador | De Olho Na Estante

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s