Publicado em Últimas Resenhas

[Resenha] • #HalloweenNaEstante • Os Condenados, de Andrew Pyper | De Olho Na Estante

SAUDADE É UMA DOR QUE FERE NOS DOIS MUNDOS.

E aí pessoal! Depois do sucesso de O Demonologista, Andrew Pyper retorna com outro Best Seller, Os Condenados. Uma história de amor e ódio entre irmãos gêmeos, marcada pelo sobrenatural, onde o leitor mergulha em uma viajem pelo desconhecido ao tentar entender o outro lado da vida, através de experiências de quase morte dignas dos piores pesadelos.


Cada pessoa tem seu próprio entendimento, ou melhor, sua própria crença acerca do que é a vida, a morte e o que vem depois dela. Além do que aprendemos por meio de lições conforme vivemos, há aquilo que sentimos e acreditamos que seja real, independentemente do que outros digam. Podemos dizer que não temos medo, ou que nada há depois dela, mas a  morte é inevitável; e querendo ou não, um dia ela vai chegar…

Ela sempre foi um assunto polêmico, ainda mais quando confrontada com a religião, devido ao seu caráter real, quase palpável e por mexer com muitas pessoas de uma forma inacreditável.

13525306_1793497724218298_1663483537_nE é mergulhada nesse temática que vamos vivenciar um pouco da vida de dois irmãos gêmeos, marcados pelo destino e prometidos ao sofrimento. O livro vai lhe contar então a história de Danny Orchard e sua irmã gêmea Ash; ambos que durante muito tempo foram alvo de constantes comparações, as quais a irmã sempre se saia como a melhor. Ash era a mais bonita, a mais inteligente, a mais perspicaz, a mais popular… a mais MÁ. Aos olhos dos desconhecidos e amigos ela era a filha perfeita, aquela que todos desejariam ter, porém para aqueles com quem tinham o azar ou a maldição de conviverem, percebiam o quão pobre e desprezível poderia ser aquela alma, que motivada simplesmente pela maldade, tirava prazer de gestos sádicos e de atitudes egoístas.

A família, impotente perante isso, nada poderia fazer a não ser buscar alternativas para encontrar o mínimo de sossego. Por um lado, o pai passava horas a mais no trabalho e evitava a todo custo voltar para casa, só para não ter de conviver com a própria filha; por outro lado a mãe, que buscando aplacar a dor através do álcool, se tornou uma alcoólatra inveterada. E como consequência, era para Danny que toda a morbidez de Ashleigh era direcionada.

13402159_1397536266930618_1034501337_nHá diversos relatos que intrigam os estudiosos, como os de pessoas que estiveram tão próximas da morte, que trazem consigo vislumbres de como é o outro lado da vida. Esses fenômenos são geralmente relatados após uma pessoa ser confirmada clinicamente morta ou muito próxima da morte, o que traz o termo Experiência de Quase Morte ou Projeção Astral. Danny Orchard foi um desses, que depois de ser abraçado pela morte mais de uma vez sobreviveu, e voltou com provas intrigantes do que há outro lado; coisas para além da capacidade de entendimento da nossa mente.

Foi no aniversário de 16 anos dos dois irmãos, que como que “pelo destino”, Danny conseguiu escapar das garras da morte; infelizmente ou felizmente, sua irmã não teve a mesma sorte; sendo queimada viva. Como já era de se esperar, a morte da menina não foi encarada com o sofrimento normal que uma perda dessas causa a alguém, e finalmente Danny se viu liberto da interferência e do domínio da irmã. Porém, passados poucos dias após a morte, ele não estranhou quando Ash simplesmente se materializou ao seu lado, o encarando como se ele houvesse feito algo muito errado e imperdoável.

cropped-61f27fb1-351b-45b2-8cdc-28626cc85c5b.png

Andrew Pyper consegue aqui nos transmitir, através de uma narrativa fluida e obscura, o real sentimento de solidão, medo e incerteza que temos quando confrontados com algo inevitável e maior do que nós. Muitas das coisas que vivenciamos no dia a dia e que passam despercebidas aos nossos olhos são realçadas pela fantástica prosa do autor. Além disso, algo que gostei bastante no livro foi a inserção uma outra visão da vida pós morte, o Depois, apresentado de uma forma muito diferente daquela que muitos de nós temos; nos possibilitando aliás, outra forma de interpretar o tão misterioso e complexo universo da vida e da morte.

paperartist_2016-08-18_19-13-56-1.jpg

Anúncios

Autor:

Apaixonado por livros de Terror, Ficção e Fantasia, e muito fã de Game of Thrones #DominGOT! Esse blog surgiu de um desejo antigo de compartilhar sempre que possível, um pedacinho desse incrível universo literário que nos cerca, então... seja bem-vindo!! 📖📚

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s