Publicado em Últimas Resenhas

[Resenha] – A Menina Submersa: memórias, de Caitlín Kiernan | De Olho Na Estante

“A emoção mais antiga e mais forte da humanidade é o medo, e o tipo mais antigo e mais forte de medo é o temor do desconhecido” 

– H.P. Lovecraft

E aí pessoal, hoje nós vamos conversar um pouco sobre o inquietante livro A Menina Submersa. Publicado recentemente aqui no Brasil em uma incrível edição pela Darkside Books esse épico da fantasia consegue te levar, através de uma narrativa bem diferenciada às múltiplas realidades da mente humana!


O livro vai contar a história da jovem India Morgan Phelps ou simplesmente Imp, que vive assombrada tanto por seus pensamentos quanto pela “realidade” que a cerca. Assim como sua mãe e sua avó, Imp sofre de Esquizofrenia, e esse é o detalhe que constrói e dota essa trama de tamanha magnitude, transportando o leitor por uma narrativa inquietante em que a transição da realidade para a mera imaginação pode ser feita por meio de uma simples palavra…

capa-menina-limited

Limited Edition – Capa Dura

A estória se desenvolve de acordo com perspectiva de Imp, em que são mescladas lembranças de seu passado com eventos presentes de sua vida, criando assim um efeito de diário de memórias.

Uma característica muito marcante do livro é a sua narrativa não linear, construída de modo a nos apresentar bem diretamente o perfil psicológico e emocional da personagem.

Apesar de tudo, percebemos que Imp é uma garota comum, com um emprego, namorada e contas a pagar; e tentando fugir da turbulenta vida cotidiana ela costuma realizar uma série de passeios pelas redondezas, e é em um desses que ela encontra Eva, uma mulher nua, encharcada e parada na lateral de uma estrada bem tarde da noite; e movida por suas convicções a leva para sua casa.

Podemos dizer que foi com a aparição de Eva que a questão norteadora da trama se revelou mais nitidamente, pois a misteriosa mulher passa a ser a obsessão de Imp e tudo que posteriormente se desenvolve é em relação a ela.

Algo que me chamou a atenção e foi extremamente bem trabalhado foi a questão da sexualidade de Imp, que é lésbica e namora com Abalyn, que é uma transexual. Digo que me chamou a atenção devido a sutiliza com que foi trabalhada a relação das duas. Há passagens do livro em que ficam bem explícitas certas relações, porém essa inserção na trama funcionou perfeitamente e permitiu a autora trabalhar a caracterização da personagem de modo incrível.

Adentrando o universo da fantasia e do mistério A Menina Submersa é um prato cheio, um livro que me surpreendeu desde a primeira página e que simplesmente adorei! Uma verdadeira história de fantasmas, sereias e lobos que você nem tão cedo irá esquecer…

Nota: 10/10

 

Anúncios

Autor:

Apaixonado por livros de Terror, Ficção e Fantasia, e muito fã de Game of Thrones #DominGOT! Esse blog surgiu de um desejo antigo de compartilhar sempre que possível, um pedacinho desse incrível universo literário que nos cerca, então... seja bem-vindo!! 📖📚

3 comentários em “[Resenha] – A Menina Submersa: memórias, de Caitlín Kiernan | De Olho Na Estante

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s